Na terça-feira, dia 25 de outubro de 2011, um incidente lamentável ocorreu nas dependências da Unimontes. Por volta do meio-dia, uma aluna do 3º Período do Curso de Sistemas de Informação, que havia acabado de sair do trabalho, teve seu notebook roubado dentro de uma sala de aula. Não foi um roubo como os que infelizmente tem acontecido corriqueiramente por aqui, como o furto de projetores, bolsas e outros notebooks na ausência de seus donos. O meliante adentrou o Prédio 3, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, portando uma arma de fogo na cintura e dirigiu-se à sala de aula onde a aluna estudava sozinha. Após tomar seu computador pessoal à força, mediante ameaça contra sua integridade física, o assaltante rapidamente evadiu o local sem ser impedido por ninguém.

É fato que a criminalidade em Montes Claros só tem aumentado à cada dia que passa. Mas será se não há nada a ser feito para aumentar a segurança dentro do Campus Universitário Prof. Darcy Ribeiro? Nem ao menos dentro das salas de aula? Hoje a vítima foi uma acadêmica. Amanhã pode ser um professor, um servidor ou até mesmo uma autoridade da Unimontes. Será se precisaremos que algo mais grave aconteça para que as devidas providências sejam tomadas? Em maio deste ano um aluno foi assassinado em uma tentativa de assalto após utilizar um caixa eletrônico em pleno campus da USP. É isto que estamos esperando na Unimontes?

Entendemos os cortes quais a universidade sofreu recentemente em seu orçamento. Talvez não seja possível a contratação de uma empresa de consultoria especializada em segurança à curto prazo, mas não podemos recorrer à Polícia Militar de Minas Gerais? Não podemos impedir a entrada de qualquer pessoa no campus, mas não seria possível termos catracas nos prédios? Câmeras de vigilância nos corredores dos prédios, salas e estacionamentos são uma necessidade primordial. Estas são apenas algumas sugestões. O mais prudente a ser feito é que seja formada uma comissão de segurança para debater o assunto detalhadamente.

Pedimos que nos informem, por escrito, em um prazo de até duas semanas a contar da presente data, quais medidas serão tomadas e quanto tempo estas levarão para serem implementadas. Uma universidade com a abrangência e importância que tem a Unimontes não pode ser simplesmente deixada à mercê destes criminosos.

Atenciosamente e com indignação, Diretório Central dos Estudantes e Centro Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação.

Esta carta foi lida pessoalmente pelo Magnífico Reitor Prof. João dos Reis Canela ao final da reunião do CONSU realizada na tarde do dia 26 de outubro de 2011.